Population dynamics of pests and natural enemies on sugar cane grown in a subtropical region of Brazil

  • Raul da Cunha Borges Filho Universidade Federal de Pelotas
  • Vinicius Soares Sturza Universidade Federal de Pelotas
  • Daniel Bernardi Universidade Federal de Pelotas
  • Uemerson Silva da Cunha Universidade Federal de Pelotas
  • Alexandre Sene Pinto Centro Universitário Moura Lacerda
  • Sérgio Delmar dos Anjos e Silva Embrapa Clima Temperado
  • Dori Edson Nava Embrapa Clima Temperado

Abstract

Sugar cane production in the subtropical area of southern Brazil displays a different profile of growing conditions compared to other regions, and the population dynamics of both insect pests and their natural enemies are poorly documented. Monthly surveys were conducted in a subtropical sugar cane production area (29.003467°S, 53.235349°W) of Brazil. Samples were collected in a 15 ha field from Feb 2013 to Jan 2015, and the insects found on plants and inside culms were tabulated. The sugarcane borer, Diatraea saccharalis (F.) (Lepidoptera: Crambidae) was found during all stages of plant development. These borers were most abundant during the cooler mo, when they reached a high level of infestation. The sugarcane mealybug, Saccharicoccus sacchari (Cockerell) (Hemiptera: Pseudococcidae), was found during most mo, but infestation levels were highest in Mar. The pink spittlebug, Mahanarva fimbriolata (Stål) (Hemiptera: Cercopidae), and sugarcane aphid, Melanaphis sacchari (Zehntner) (Hemiptera: Aphididae), were found mostly in warmer mo, and associated with higher accumulations of rainfall. The infestations by M. fimbriolata were below levels of economic damage, whereas M. sacchari infested up to 100% of the plants. The natural enemies observed were the parasitoid Billaea claripalpis (Wulp) (Diptera: Tachninidae) and the predators Harmonia axyridis (Pallas) (Coleoptera: Coccinellidae) and Doru lineare (Eschscholtz) (Dermaptera: Forficulidae). Their population dynamics clearly showed host/prey dependence. These results contribute to the monitoring and management strategies of pests in sugar cane grown in the subtropical conditions of southern Brazil.

 

Resumo

A produção de cana-de-açúcar na área subtropical do sul do Brasil apresenta um perfil diferente das condições de cultivo em comparação com outras regiões, e a dinâmica populacional de pragas de insetos e seus inimigos naturais é pouco documentada. Avaliações mensais foram realizadas em uma área de produção de cana-de-açúcar em ambiente subtropical do Brasil (29,003467°S, 53,235349°W). As coletas foram realizadas em uma área de 15 ha, no período de fevereiro de 2013 a janeiro de 2015, e os insetos encontrados sobre as plantas e no interior dos colmos foram tabulados. A broca-da-cana, Diatraea saccharalis (F.) (Lepidoptera: Crambidae) foi encontrada em todos os estádios de desenvolvimento das plantas. As larvas foram mais abundantes durante o período mais frio, quando atingiram um alto nível de infestação. A cochonilha-da-cana Saccharicoccus sacchari (Hemiptera: Pseudococcidae) foi encontrada durante a maior parte dos meses, mas os níveis de infestação foram maiores em março. A cigarrinha-das-folhas, Mahanarva fimbriolata (Stål) (Hemiptera: Cercopidae), e o pulgão Melanaphis sacchari (Zehntner) (Hemiptera: Aphididae) foram encontrados principalmente em periodos mais quentes e associadas a maiores acumulações de chuva. As infestações por M. fimbriolata foram inferiores aos níveis de dano econômico, enquanto M. sacchari infestou até 100% das plantas. Os inimigos naturais observados foram o parasitóide Billaea claripalpis (Wulp) (Diptera: Tachninidae) e os predadores Harmonia axyridis (Pallas) (Coleoptera: Coccinellidae) e Doru lineare (Eschscholtz) (Dermaptera: Forficulidae). A dinâmica populacional dessas espécies mostrou claramente a dependência hospedeiro/presa. Esses resultados contribuem para as estratégias de monitoramento e manejo de pragas em cana-de-açúcar cultivadas nas condições subtropicais do sul do Brasil.

Keywords: Saccharum spp.; Crambidae; Cercopidae; Aphididae; Coccinelidae; Forficulidae; Tachinidae

View this article in BioOne

Author Biographies

Raul da Cunha Borges Filho, Universidade Federal de Pelotas
Programa de Pós-gradução em Fitossanidade.
Vinicius Soares Sturza, Universidade Federal de Pelotas
Programa de Pós-gradução em Fitossanidade.
Daniel Bernardi, Universidade Federal de Pelotas
Programa de Pós-gradução em Fitossanidade.
Uemerson Silva da Cunha, Universidade Federal de Pelotas
Programa de Pós-gradução em Fitossanidade.
Dori Edson Nava, Embrapa Clima Temperado

Laboratório de Entomologia

Published
2019-09-29
Section
Research Papers