Effect of Honey Feeding by Thyrinteina arnobia Males and Females on Their Reproduction and Longevity

  • Denise E. Euzébio Departmento de Entomologia, Universidade Federal de Viçosa, 36570-000, Viçosa, Minas Gerais
  • José C. Zanuncio Departmento de Entomologia, Universidade Federal de Viçosa, 36570-000, Viçosa, Minas Gerais
  • Rosenilson Pinto Faculdade de Engenharia-Universidade Estadual de Minas Gerais, 35930-314, João Monlevade, Minas Gerais
  • Carlos F. Wilcken Departamento de Produção Vegetal, Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, 18603-970, Botucatu, São Paulo
  • Francisco S. Ramalho Unidade de Controle Biológico/EMBRAPA Algodão, Av. Osvaldo Cruz, 1143, 58107-720, Campina Grande, Paraíba
  • Eraldo Lima Departmento de Entomologia, Universidade Federal de Viçosa, 36570-000, Viçosa, Minas Gerais
Keywords: food supply, longevity, nutrition, reproduction

Abstract

Nutrients obtained during the larval period can be sufficient for reproduction, but adult feeding may be necessary to reproductive maturity and ripening of eggs. Adult food requirements of Thyrinteina arnobia (Stoll) (Lepidoptera: Geometridae), the main defoliator of eucalyptus in Brazil, may present problems in the laboratory. The fecundity and longevity of T. arnobia adults fed on 15% honey solution were evaluated. This solution did not improve the reproductive capacity and longevity of T. arnobia females but it favors those of males, which could increase mating probability. This is important because T. arnobia males emerge sooner than females, and feeding them could increase their longevity and chances of mating various females.

 

A alimentação no período larval de Lepidoptera pode garantir nutrientes para crescimento e/ou reprodução, mas estes insetos podem necessitar de alimento na fase adulta para maturação do aparelho reprodutor e dos óvulos. Thyrinteina arnobia (Stoll) (Lepidoptera: Geometridae), o principal desfolhador de plantas de eucalipto no Brasil, apresenta dificuldades de criação em laboratório. A fecundidade e longevidade de adultos de T. arnobia alimentados com solução de mel a 15% foram avaliadas. Essa solução não melhorou a capacidade reprodutiva e a longevidade de fêmeas de T. arnobia, mas aumentou a longevidade de machos, o que pode permitir o acasalamento com diferentes fêmeas. Isto é importante porque machos de T. arnobia emergem mais cedo e a alimentação pode aumentar a longevidade dos mesmos e permitir o acasalamento com várias fêmeas.

 

View this article in BioOne

Published
2014-02-23
Section
Research Papers